AGU emite parecer favorável à exportação de gado vivo

navioEm parecer emitido pela Advocacia-Geral da União/IBAMA, o procurador Cleiton Cursino Cruz afirma que a exportação de gado vivo em navios não configura maus tratos aos animais.

O parecer foi emitido após solicitação da VEDDAS – VEGETARIANISMO ÉTICO, DEFESA DOS DIREITOS ANIMAIS E SOCIEDADE E OUTROS, que questionava a exportação de gado vivo em navios, alegando que os animais sofriam maus tratos neste tipo de transporte.

O parecer é emitido após a repercussão da decisão judicial que impediu o navio NV Nada de seguir viagem para a Turquia carregando 25 mil bois. Após o incidente, as cargas de animais vivos foram suspensas no Porto de Santos.

Posteriormente, a decisão judicial foi reformada em segundo grau, possibilitando o prosseguimento da viagem e do retorno das atividades de carga de animais vivos no Porto de Santos.

Para baixar na íntegra o parecer mencionado, clique no link:

Parecer 17-2018 (Cojud) – exportacao gado – abate religioso – inex. maus-tratos (+NT 27-18 Dipro)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s